Blog Biossplena

CidadePlena: uma ferramenta inovadora que estrutura o presente para construir um futuro próspero

A maioria dos municípios têm planos ou estratégias para o seu desenvolvimento, entretanto, há pouca concretização. Por isso, nós pesquisamos: por que as coisas não acontecem de acordo com o que a sociedade precisa? Foi com base neste questionamento e em uma ampla análise dos principais problemas enfrentados nas cidades, que a Plataforma CidadePlena foi desenhada.

Primeiramente, atestamos que é fundamental que as informações para a tomada de decisões nas cidades sejam embasadas em dados confiáveis, abrangentes e imparciais. Esta leitura não pode acontecer de forma setorizada e recortada, sem analisar o contexto. Também percebemos que os gestores públicos focam em solucionar os problemas urgentes e não conseguem ser flexíveis e criativos. E isso não é um “privilégio” de cidade A ou B, é uma realidade comum.

Outro aspecto é a falta priorização e definição de planos de ação estruturados no tempo, com execução no pequeno, médio e longo prazo. Por isso, a mais visível constatação da nossa pesquisa é que os gestores públicos acabam se preocupando com o período de sua gestão e somente os “atores sociais” que estarão nas cidades nos próximos 4,8 e 12 anos podem ter um olhar de futuro e de continuidade.

Esta fragilidade no planejamento e execução de ações distancia a cidade de empreendedores, investidores e de negócios, pois a ineficiência e o alto índice de incerteza aumentam os riscos de retorno sobre os investimentos. Por isso, acredita-se que as decisões devem ser compartilhadas com a sociedade civil e que esta retomada de lideranças tem que ser protagonizada pela iniciativa privada, com ações que respondam ao bem-estar e a qualidade de vida da sociedade como um todo.

E como a CidadePlena ajuda neste processo?
Recriar a estrutura de tomada de decisão nas cidades é uma tarefa árdua e certamente passará por muitos desafios. O objetivo da plataforma é simplificar este processo e começar por coisas básicas, mas com a consciência necessária. A CidadePlena é o início de um processo que, depois de estruturado, poderá ter continuidade sem necessitar de apoio técnico especializado, pois os próprios gestores conseguirão cumprir os objetivos traçados.

Através de um grupo representante da sociedade civil, chamado de Conselho de Desenvolvimento, as necessidades da cidade serão identificadas e monitoradas para assegurar a assertividade das ações planejadas. A plataforma CidadePlena disponibilizará as ferramentas que facilitarão a condução de um Plano de Desenvolvimento Municipal, que é, de forma resumida, a priorização das ações urgentes e importantes no curto, médio e longo prazo.

A CidadePlena tem várias etapas:

a) Plataforma de acesso digital
O primeiro passo é colher informações existentes dentro das próprias prefeituras e outras fontes públicas. Tudo começa com a organização destas informações ao dispô-las numa Plataforma de acesso digital, montada inicialmente a partir da utilização de software SIG (Sistema de Informações Geográficas), permitindo a sua atualização periódica e o monitoramento das mudanças da cidade.

b) Padronização de dados
Consiste em juntar bases de dados e transformá-las num formato comum. São informações provenientes dos municípios, organizações estaduais e federais. Como a origem destas informações é diversa, é necessário fazer uma padronização que facilite a leitura e interpretação.

c) Indicadores de Desempenho
A etapa seguinte consiste em transformar informação em conhecimento. É preciso analisar os dados obtidos e gerar informações estratégias para a tomada de decisões mediante Geração de indicadores de Desempenho. Os indicadores têm um papel muito importante porque aportam um conhecimento imparcial sobre a cidade e permitem traçar comparativos dentro do território da cidade ou com referenciais de boas práticas de outras cidades, os chamados benchmarking. São gerados indicadores classificados dentro de sete âmbitos, que são: COMPACIDADE / USO DO SOLO / COESÃO SOCIAL / HABITABILIDADE / INFRAESTRUTURA / CAPACIDADE DE SUPORTE AMBIENTAL / ECONOMIA /

Vantagens da utilização do produto
O diferencial deste produto, comparado às plataformas tradicionais de informações territoriais, é a combinação de expertises da Arquitetura e Urbanismo, com Engenharias e Sistemas de Informação Geográfica.

A análise da cidade é feita por meio de indicadores que tem um papel fundamental, porque conseguem sobrepassar as necessidades individuais, sendo uma solução imparcial e focada no coletivo. A metodologia CidadePlena pretende romper esse processo tradicional de encontrar soluções de planejamento, utilizando ferramentas inovadoras com informações atualizáveis. Através da plataforma será possível monitorar a evolução da cidade e saber em que parte os problemas estão acontecendo.

Aplicação da Plataforma Cidadeplena
A dimensão de aplicabilidade deste produto são municípios entre 25.000 a 150.000 habitantes, considerando que o Brasil conta com 1.200 municípios dentro desta classificação.

Confira o estudo feito para a cidade de Lajeado – RS com o uso da plataforma CidadePlena com o intuito de dar suporte ao Fórum das Entidades na revisão do Plano Diretor da cidade, desenvolvido pela Prefeitura Municipal.

O que está apresentado neste link é uma plataforma piloto que foi montada para dar suporte a tomada de decisão no planejamento da Lajeado de 2040. As entidades da cidade, através do Fórum das Entidades e lideradas pelo Sinduscon, entregaram proposições ao Prefeito Marcelo Caumo para colaborar com a construção do Plano Diretor que está sendo revisado. Na imagem ilustrativa desta postagem, é apresentado o indicador de complexidade urbana que mapeia a variedade e quantidade de atividades lucrativas no território. Essa análise, junto com outros indicadores permite compreender a dinâmica do mercado e onde novos negócios teriam mais chances de sucesso no território.

Indicar o empreendimento ou negócio certo no lugar certo é o futuro que a plataforma CidadePlena pretende desenhar. Quando conseguimos promover bons empreendimentos na cidade tudo ao seu entorno ganha valor e é este circulo virtuoso que pretendemos provocar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *